terça-feira, dezembro 11, 2018
Economia

Casas a leiloes por preços muito baixos

Os leilões de casas são um tipo de leilões que têm cada vez mais adeptos em todo o mundo, pois é possível que você consiga comprar casas a #preços baixos ou acessíveis, abrangendo assim um mercado maior. Os bancos são um grande inimigo no que diz respeito ao financiamento de créditos à habitação ou então impõem taxas de juros cada vez mais altas. As casas a leilões apresentam preços muito reduzidos, tendo em comparação os valores que normalmente praticados pelas imobiliárias. Esses descontos podem chegar até aos 45% e é possível que você consiga comprar uma casa a partir de uma quantia muito baixa.

Comprar uma casa a leilão através do banco, no entanto, já representa um bom investimento para você mas para isso você precisa ter na mesmo em atenção se as facilidades no crédito habitação são boas e se consegue um bom desconto no preço do imóvel que está querendo comprar. Normalmente, os bancos não têm interesse em ficar com as casas, por isso quanto mais rápido as conseguirem vender mais rápido as instituições bancárias vão conseguir recuperar o capital emprestado aos antigos proprietários.

Comprar uma casa em leilão tem vantagens e desvantagens. As #vantagens de comprar casa penhorada é que você consegue um financiamento até 100% do valor da habitação, não necessita de uma avaliação ou de encargos que estejam associados, está isento de comissões de estudo, está dispensado de realizações de registos provisórios, tem spreads mais baixos, prazos de créditos habitação até 50 anos e ainda uma oferta do serviço de documentos da habitação. Por outro lado comprar casas em leilões tem sempre as suas #desvantagens como a localização do imóvel que pretende adquirir (muitas vezes situadas em áreas suburbanas) ou a escolha é limitada.

Enfim, casas a leilões podem ser uma excelente alternativa para adquirir um imóvel realizando assim um bom investimento, pois a maioria das casas disponíveis para oferta pertencem a penhoras que os bancos realizam. Assim, as bases de licitação são sempre mais baixas e inferiores aos preços praticados pelo mercado de imobiliário.