sábado, dezembro 15, 2018
Outro

DICAS SIMPLES DE COMO ACABAR COM GORDURA ABDOMINAL

Quando aquela gordurinha em excesso se instala na região abdominal, não há elegância que resista: a barriga compromete a forma da silhueta. Em geral, as pessoas costumam se preocupar com tal situação, principalmente, quando o verão se aproxima. Entretanto, é algo com o que devemos nos atentar desde sempre.

O caminho mais curto para se obter a tão desejada forma física e, consequentemente, eliminar a gordura localizada, começa no prato. Frituras, alimentos processados, lanches prontos, alimentos com muito açúcar ou sal: nada disso faz bem em excesso. O melhor é investir em alimentos naturais.

Uma alimentação balanceada não se resume aos alimentos, mas também aos horários. É de extrema importância comer em pequenas quantias durante o dia, a cada 2 ou 3 horas, por exemplo. Isso faz com que seu metabolismo seja acelerado, pois sempre terá alimentos para serem processados pelo organismo, porém uma quantidade pequena, isto é, seu sistema interno irá trabalhar para queimar não somente as calorias ainda em forma de alimento, mas também aquelas já existentes em forma de gordura localizada.

A água possui crucial importância para se responder a tal questão – como acabar com gordura abdominal?. É uma velha história, sim, mas alguns ainda não acreditam em seu poder. Ingerir, ao menos, dois litros de água, divididos por pequenas quantidades durante todo o dia; chás (sem açúcar) podem implementar esta tarefa, que ajuda ainda mais quando consumidos cerca de 30 minutos antes das refeições.

Além da alimentação, a realização de uma atividade física auxilia – e muito – o processo de perda do peso. Como acabar com gordura abdominal não é uma tarefa, por si só, muito fácil, alguns exercícios simples podem ajudar. Caminhada ou corrida são ótimas opções para a perda de peso, mas devem ser complementadas por treinos mais localizados, para se potencializar o ganho da cintura menor. Um bom treino pode ser preparado com o auxílio de um profissional, mas alguns passos podem ajudar:

– Corra (ou simule), intensamente, por 2 minutos;

– Pedale, em alta intensidade, também por 2 minutos;

– Pule corda, de forma rápida, por 2 minutos.

É claro que um treino não se resume a isso, mas pequenas atividades, realizadas com intensidade, exigem que o coração bombeie mais sangue, o que gera um maior gasto de energia e, consequentemente, calorias.